Notícias

Whatsapp já processa mais de 50 bilhões de mensagens diárias

Publicado por
na Categoria Notícias
RIO – O WhatsApp, mensageiro instantâneo mais popular para smartphones e entre os maiores aplicativos em crescimento no mercado atual, anunciou que processa mais de 50 bilhões de mensagens todos os dias. O cofundador e CEO da empresa Jan Koum deu a notícia na conferência DLD, em Munique, na Alemanha, nesta terça-feira. O aplicativo atende atualmente 430 milhões de usuários, um aumento de 400 milhões de usuários anunciados em dezembro do ano passado.
O WhatsApp está disponível em todas as plataformas móveis, incluindo Android, iOS, BlackBerry e Windows Phone e está listada entre os top apps mais votados nas respectivas lojas de aplicativos.

Os fabricantes do Whatsapp constantemente focam em fornecer a melhor experiência do usuário através da integração de mensagens de voz “Push to Talk”, envio de mensagens de vídeo, e mantendo o app sem anúncios. “Processar quase 54 bilhões de mensagens todos os dias é apenas mais um marco que contribui para as realizações do WhatsApp”, diz Koum.

A empresa não se furta a compartilhar suas estatísticas com o público. Até abril do ano passado, a empresa estava processando mais de 20 bilhões de mensagens todos os dias, número que subiu para mais de 48 bilhões de mensagens por dia em dezembro. Com esta quantidade de seguidores dedicados, o WhatsApp é considerado mais popular que o mensageiro do Facebook e que o Twitter.

A política mais interessante da empresa é o seu modelo de assinatura. O app cobra US$ 0,99 por ano para manter o serviço livre de propaganda e não cobra por qualquer coisa dentro do serviço, como adesivos e aplicativos conectados.

O volume fenomenal de mensagens do WhatsApp já teria ultrapassado o tráfego de SMS, de acordo com um analista móvel, Benedict Evans.

“Não existem anúncios, sem jogos, sem truques”, disse Koum. “Nós só queremos nos concentrar em mensagens. Se as pessoas querem brincar com games há uma abundância de outros sites e também um monte de grandes empresas construindo serviços em torno de publicidade”.

Notícias recentes