Notícias

Facebook negociou investimento na chinesa Xiaomi

Publicado por
na Categoria Notícias
Mark Zuckerberg e Lei Jun, presidente-executivo da Xiaomi, discutiram um possível investimento da rede social na fabricante de smartphones chinesa. As conversas aconteceram no final do ano passado, antes de a empresa captar US$1,1 bilhão de diversos investidores, mas o acordo não chegou a se concretizar.

Lei Jun teria desistido da parceria por receio de possíveis implicações políticas para a empresa. Desde 2009 o Facebook é proibido na China, que cita preocupações com a segurança nacional. Além disso, negociações entre as empresas poderiam abalar a relação da Xiaomi com o Google, parceiro estratégico da fabricante de celulares.

Zuckerberg considera a China uma peça-chave para conquistar uma população global conectada. Para a Xiaomi o acordo poderia aumentar a visibilidade da companhia, promovendo seu perfil internacionalmente.

Com a rodada de investimentos realizada em dezembro de 2014, a chinesa passou a valer US$ 45 bilhões. Procuradas, Xiaomi e Facebook não quiseram comentar o assunto.

Notícias recentes